Junho / 2017
DSTQQSS
010203
04050607080910
11121314151617
18192021222324
252627282930
Não foi encontrado nenhum registro para o mês de Junho
IslamPráticasA Jihad

A Jihad

"Al-Jihád", ou seja, a Militância, é o combate na Guerra Santa... e Deus Supremo Revelou:

"Agrupem-se leve ou fortemente (armados) e combatei com os vossos bens e a sí próprios pela causa de Deus" (Alcorão Sagrado 9:41).

"Convoque à causa de teu Senhor com a prudência e a boa pregação, e debate com eles da melhor forma possível..." (Alcorão Sagrado 16:125).

O Islam é a mensagem do raciocínio, do conhecimento e da lógica, e conta com o diálogo e a operação intelectual e existencial a fim de levar seus pensamentos e ideologias às pessoas... Aliás, o Alcorão inteiro é testeminha disso...

No entanto, quando os tiranos procedem com arbitrariedade, e os oportunistas se apoderam do poder, e os inimigos se colocam contra os mais fracos, interpondo-se entre o homem e a razão, o Islam não terá outra alternativa senão a de usar de violência (pelo Jihad) para destruir as mulharas da injustiça, da prostituição, da corrupção e da inimizade, em defesa dos mais fracps e oprimidos no mundo.

O Alcorão Sagrado esclarece uma verdade, conforme a revelação de Deus:

"Temos pois enviado Nossos Mensageiros com as evidências e revelamos através deles o Livro e o equilíbrio, para que os homens possam agir com justiça, e criamos o ferro cuja importância poderosa e benefícios para a humanidade..." (Alcorão Sagrado 57:25).

Logo, o Alcorão assegura de que os Profetas (que a paz esteja com eles) falavam aos povos por meio da Mensagem Divina, dos princípios morais e dos procedimentos corretos, convocando-os à prudência pela boa pregação, porém, quando estes povos recusavam tudo isso, eles só tinham diante de sí o uso do ferro, ou seja, o uso das armas, a fim de combaterem as forças do mal, do crime e da perdição.

A biografia do Mensageiro Mohammad (que Deus o abençoe e lhe dê paz) confirma tudo isso, quando treza longos anos em Meca, ele convocava as pessoas à prudência e à sabedoria através da boa pregação, a nobreza mequense passou a perseguir, torturar e matar os que o apoiavam, e aqueles que conseguiam escapar, viam-se obrigados a sair de seus lares, depois de terem sido prejudicados e humilhados... e o Profeta inicialmente, suportou calado e pacientimente sem usar de violência, mesmo depois de ter emigrado para Yatreb (hoje Al-Medina Al-Munawwara, Medina A Iluminada), porém, ao ver que nada demovia as autoridades de Meca, os donos dos centros comerciais, os influentes e os oportunistas, os quais continuavam perseguindo e oprimindo os muçulmanos, e, diante disso, ele se viu obrigado de usar a força... pois Deus Supremo ordenou-lhe através de um Versículo ir à luta, permitindo-lhe o "Jihad" a fim de combater os inimigos do bem e da fé:

"Permitiu-se aos que combatem de que eles foram oprimidos e que Deus é Poderosíssimo para triunfá-los" (Alcorão Sagrado 22:39).

"Aqueles que foram expulsos injustamente de seus lares, só por dizerem 'O nosso Senhor é Deus!'..." (Alcorão Sagrado 22:40).

O Mensageiro de Deus (que Deus o abençoe e lhe dê paz) recomendou ao Imam Ali Ben Abi Táleb (que a paz esteja com ele), quando o enviou ao Iêmen:

"Ó Ali, não combatei ninguém antes de convocá-lo, e caso Deus iluminar um só homem, é melhor para ti do que tudo que assiste o nascer e o pôr do Sol!".

Extraído do livro: Os Princípios Islâmicos.

Links Relacionados
Palavras Iluminadas

“São dois caminhos a serem escolhidos, o do bem e o do mal, sendo que o último não deve ser preferível.”  Profeta Mohammad (S.A.A.S.)


ARBIB - Associação Religiosa Beneficente Islâmica do Brasil - Departamento de Comunicação
Todos os direitos reservados à ARBIB - A reprodução é permitida, desde que citada a fonte