Maio / 2019
DSTQQSS
01020304
05060708091011
12131415161718
19202122232425
262728293031
Não foi encontrado nenhum registro para o mês de Maio
InformaçãoDiscursos e Palestras
Seyyed Sharif Assayed
Seyyed Sharif Assayed
Discursos e palestras de Sua Eminência Seyyed Sharif Assayed.

Primeiro Sermão

O ser humano e sua alta cobrança


Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.
Recomendo-os o temor a Deus, pois o temor dá ao ser humano a felicidade na vida terrena e eterna.

Querido irmãos, cada ser humano quando sente ou tem certeza que a sua vida e idade estão terminando, começa a ter várias perguntas surgindo em sua mente. Se ele for daqueles que se importam mais com a outra vida do que com a terrena, e que deseja o encontro com Deus, o Clemente, como certeza irá perguntar a si mesmo: Será que eu fiz tudo que eu tinha que fazer para aumentar as minhas boas ações sobres as más? Será que eu fui temente a Deus ou ultrapassei os meus limites e segui o que é de desejo do diabo? Será que ajudei aquele que se referiu a mim quando necessitava de ajuda e a sua ajuda estava ao meu alcance? Será que ajudei o fraco e o ofereci apoio? Será que fui paciente com aquele que tomou emprestado dinheiro de mim e não podia devolver na data combinada? Será que o perdoei e não cobrei mais ele em sua divida quando vi que ele estava apertado em me pagar? Será que tratei bem a minha esposa e fui o seu melhor companheiro? Será que reconheci os seus esforços e sua dedicação aos meus filhos? Será que eduquei os meus filhos com a palavra gentil e a boa ação ou fui um mal exemplo a eles? Todas estas perguntas são daqueles que desejam a outra vida e desejam o encontro de Deus.

Do outro lado, o povo que se preocupa com a vida terrena se pergunta apenas perguntas que se referem sempre a si e seus interesses: Será que ocupei alguma posição social ou política que eu desejava? Será que juntei a riqueza que sempre quis ou não trabalhei o bastante para juntar o que desejava no momento que tive oportunidade de juntar mais? Será que me diverti e experimentei tudo ou deixei de me divertir em algumas coisas? Será que a vida em que vivi esteve repleta de casos cujo através deles eu poderia ser relembrado ou era uma vida seca? E várias outras perguntas que os filhos da vida terrena se perguntam. Todas rodeiam em volta da vida terrena e afastamento de Deus.

Deus é o centro do pensamento do povo da outra vida e as pessoas são o centro do pensamento do povo da vida terrena, e cada grupo se cobra uma cobrança final antes de sua morte. Cada um deles, ou fica satisfeito com esta cobrança ou não, pois não fez tudo o que desejava ou queria.

Um grupo deles, ou os dois grupos mencionados acima, tinham oportunidades e ocasiões que ignoraram no momento que eles poderiam aproveitar delas para seus interesses. Aqui, e depois de tudo isso, ou ele estará satisfeito ou insatisfeito.

Aqui eu digo, qualquer for o seu grupo, como poderia ser se o ser humano cometer uma cobrança antecipada na qual ele não espera acontecer antes da chegada de sua morte, pois assim ele enxerga os benefícios e malefícios de sua vida e assim ele tem tempo de se corrigir ou acrescentar mais a sua vida.

Esta cobrança antecipada pode em um certo momento mudar-se totalmente, mudando sua visão, política e método de vida. Eu digo, e eu acho que a alta cobrança antecipada talvez possa transferir alguns membros do grupo da vida terrena ao grupo da vida eterna, pois todos irão enxergar bem como estavam errados em suas análises e cálculos, e tudo isso não valia tanto a pena, pois toda a nossa vida terrena para na morte e o que vem depois da morte é o mais importante e eterno.

Se o ser humano atrasar a alta cobrança final até que a sua vida se aproxime do final ele não vai se apegar em nada mais do que o arrependimento, mesmo se for do povo da vida eterna. Pois ele terá a certeza que poderia praticar muitas boas ações cujo com elas podia aumentar o seu arquivo de boas ações e assim apagar as más, pois Deus disse no Alcorão Sagrado “Em verdade, as boas ações apagam as más”.

Se o ser humano realizar esta alta cobrança no momento certo que dê tempo de corrigir as suas falhas e faltas de atenção, terá tempo o bastante para se corrigir e agir com as boas ações e deixar as más de lado. Falhas que ele pode excluir de sua vida, deixar de praticar pecados e desobediências a Deus.

Por isso, “Emulai-vos em obter a indulgência do vosso Senhor e um Paraíso, cuja amplitude é igual à dos céus e da terra, preparado para os tementes.” (C. 3 – V. 133)

Segundo sermão

Alguns das características dos hipócritas, os quais vivem a descrença dentro de si e a fé por fora.

Deus disse no Alcorão Sagrado: “Anuncie aos hipócritas de que sofrerão um doloroso castigo.” (C. 4 – V. 138) Este anúncio veio como uma gozação deles no que eles desejavam e esperavam das aparências de suas atitudes e ações e de que um longo caminho e castigo esperava por eles, algo totalmente contrario ao que eles esperavam.

O que os hipócritas faziam e quais são as suas características mais destacadas. O Alcorão Sagrado disse: “Aqueles que tomam por confidentes os incrédulos em vez dos fiéis, pretendem, porventura, obter deles a glória? Sabei que a glória pertence integralmente a Deus.” (C. 4 – 139)

Esta é a principal característica que diferencia entre o fiel e o hipócrita. O fiel deve traduzir o significado da fé em sua vida, em si, em todos e tudo ao seu redor. Assim irá submeter todos os seus relacionamentos, atitudes e ações, e tudo que tens contato, à fé e a religião. Assim se será amigo daqueles que são amigos de Deus e será inimigo daqueles que são inimigos de Deus. Depois, o próprio versículo faz a seguinte pergunta: “... pretendem, porventura, obter deles a honra?...” Por que eles dizem isso? E o que eles pretendem conquistar com isso? Será que os hipócritas desejam encontrar a hora com outros? Só porque estes outros possuem alguns pontos de força, de riquezas, armas e números? Mas isso representa a total ignorância com o significado da fé e como eles constroem suas honras em pilares abalados.

O Alcorão Sagrado disse: “... sabei que a glória pertence integralmente a Deus”. Pois Deus é o forte que não há limites para suas forças, Ele é o rico em tudo o qual tudo perante Ele é pobre em sua existência e continuidade, tudo se submete a Ele, tudo necessita Dele. Então, aquele que deseja conquistar a honra e a gloria deve se ligar a Ele e retornar a Ele e tudo.

Entre as características dos hipócritas, está esclarecido no seguinte versículo: “Que vos espreitam e dizem, quando Deus vos concede uma vitória: Acaso não estávamos convosco? Por outra, se a vitória tivesse cabido aos incrédulos, dir-lhes-iam: Acaso não estávamos em vantagem sobre vós, protegendo-vos dos fiéis? Deus os julgará, no Dia da Ressurreição, e jamais concederá supremacia aos incrédulos em relação aos fiéis.” (C. 4 – V. 141)

Os hipócritas ficam aguardando a posição dos fieis e nunca apresentam claramente sua posição e opinião. Eles sempre aguardam, pois se os fieis vencerem pedem apoio porque eles os apoiaram em diversas ocasiões e eles começam a confirmar as questões em números e detalhes. E se os ateus vencerem os hipócritas irão a eles para confirmar que foram eles que os ajudaram e eles chegaram a estes resultados que levou-os a vitória contra os muçulmanos.

Deus disse no Alcorão Sagrado: “Os hipócritas pretendem enganar Deus, porém, Ele os enganará, por isso. Quando se dispões a orar, fazem-no com indolência, sem serem vistos pelas pessoas, e pouco mencionam Deus.” (C. 4 – V. 142)

Os hipócritas nunca apresentam claramente a sua posição e opinião. Pois eles são duvidosos entre dois grupos, nunca se ligam em algum grupo, e isso é a perdição cujo o ser humano nunca enxerga um caminho claro e evidente para seguir e chegar a seu objetivo.

Os hipócritas se afastaram do caminho de Deus e por isso Deus os largou pelas suas próprias escolhas. E todo aquele que quer enganar a Deus, Deus lacrará o seu coração da luz e sua mente da orientação e deixará ele para a perdição e escuridão.

Deus nunca agracia os hipócritas com sua clemência por causa de sua hipocrisia, pois não há um método na vida além daquele que Deus o abre a seus servos obedientes.

Deus disse no Alcorão Sagrado que o resultado destes hipócritas no final será que nunca serão atingidos pela clemência de Deus: “Os hipócritas ocuparão o ínfimo piso do inferno e jamais lhes encontrarás socorredor algum.” (C. 4 – V. 145)

O Alcorão Sagrado coloca a questão em jogo pois o lugar dos hipócritas é o lugar mais baixo do inferno, e isso significa que os ateus se diferenciam deles quando os ateus não são jogados no infinito do inferno, pois os hipócritas de diferenciam dos ateus e seus jogos sujos e humilhações fazem com que eles não se juntem em um lugar somente do inferno.

E será que aquele que trai Deus, terá um destino honrado?

Louvamos a Deus, que nos dê o sucesso que lhe agrada, que nos afaste de tudo que atrai a sua ira e que nos agracie com tudo que ele crê que é bom para nós.

Links Relacionados
Palavras Iluminadas

“No Islam as pessoas são iguais, todos são de Adão e Eva, o árabe não é mais virtuoso do que o não árabe, e o não árabe não é mais virtuoso do que o árabe, somente pelo temor a Deus”. Profeta Mohammad (S.A.A.S.)


ARBIB - Associação Religiosa Beneficente Islâmica do Brasil - Departamento de Comunicação
Todos os direitos reservados à ARBIB - A reprodução é permitida, desde que citada a fonte