Março / 2019
DSTQQSS
0102
03040506070809
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31
Não foi encontrado nenhum registro para o mês de Março
InformaçãoDiscursos e Palestras
Ayatullah Al-Odhma Assayed Ali Al-Khamanei.
Ayatullah Al-Odhma Assayed Ali Al-Khamanei.
Discursos e palestras de Sua Eminência Ayatullah Assayed Ali Al-Hussaini Al-Khamanei.

Na feliz ocasião de aniversário do nascimento de Hazrat Fatima Masuma, o líder supremo da Revolução Islâmica, Ayyatullah Seyyed Ali Khamenei, se reuniu esta manhã com milhares de mulheres, ativistas e pesquisadoras do Alcorão. No início desta reunião, algumas das pesquisadoras, recitadoras e memorizadoras do Alcorão, falaram sobre vários temas relacionados com o Alcorão Sagrado e solicitaram um maior apoio para as mulheres que se dedicam a esse estudo. Solicitaram que seja fundado um centro especializado na exegese do Alcorão, ligados às universidades religiosas, e que se aprofundem na cultura do Alcorão em toda a República Islâmica.

Durante a reunião, o líder supremo referiu-se à presença marcante e maravilhosa das mulheres iranianas no domínio da investigação científica, especialmente do Alcorão, como uma das grandes conquistas e honras da Revolução Islâmica, uma fonte de orgulho para todo país. Ele enfatizou que todas as atividades do Alcorão devem ser a manifestação prática dos seus ensinamentos e mandatos, tanto no nível social como individual, e isso não é possível se não se obtiver o conhecimento correto, por que todas as pessoas devem aprender o conteúdo e o significado do Alcorão e guiar os estudos sobre o Alcorão nesse sentido.

O Ayyatullah Khamenei observou que a visão ocidental da mulher é uma visão equivocada e insultuosa, acrescentando: "O Islã respeita as mulheres, e lançou as bases para a manifestação de seu talento em abundância em torno da família, sociedade e na arena internacional, para que tenham acesso à ciência, a sabedoria, pesquisa e educação”.

Sua eminência disse que o grande número de mulheres iranianas pesquisadoras do Alcorão é muito valioso e não é encontrado em outras partes do mundo islâmico, e acrescentou que se deve preparar o terreno para a prática do Alcorão na sociedade.

Da mesma forma, o líder supremo disse que hoje há muitos atrasos no que diz respeito à manifestação prática dos mandatos do Alcorão na vida social e pessoal, porque na época do “sedutor” (o tempo do Xá) a sociedade iraniana distanciou-se desses princípios e mandatos do Alcorão, por isso hoje devem fazê-lo para minimizar as suas dúvidas. O Ayatollah Khamenei disse que a condição mais essencial para construir uma sociedade alcorânica é estabelecer um sistema baseado nos ensinamentos e preceitos do Alcorão e do Islã. Ele acrescentou: "O estabelecimento da República Islâmica do Irã foi um dos maiores exemplos e a mais importante das práticas dos ensinamentos do Alcorão, mas esta realidade evidente é muitas vezes ignorada por nós mesmos”. Sua Eminência reiterou: "O estabelecimento da República Islâmica é o melhor caminho para o desenvolvimento do ensino do Alcorão". Ele enfatizou: "Os esforços devem ser feitos nesta área, de modo que todas as atividades sobre o alcorão no país sejam direcionadas à pratica dos ensinamentos do Alcorão Sagrado e do Islã na sociedade, assim como o comportamento individual e social das pessoas, sejam eles familiares, administrativos, institucionais, políticos, internacionais, etc.”

Ele disse que o povo deve estar familiarizado com os ensinamentos e princípios do Sagrado Alcorão e que a pesquisa deve ser dirigida para a concepção desse objetivo.

Khamenei também disse: "Deixem as pessoas conhecerem bem o conteúdo e significado do Alcorão Sagrado, pois isto é o pré-requisito para alcançar este objetivo”. Ele acrescentou: "A pesquisa do Alcorão deve ser dirigida para a realização de seus ensinamentos na sociedade e na vida das pessoas."

Em outra parte de seu discurso, Sua Eminência, apresenta os pré-requisitos para o estudo do Alcorão, acrescentando: "Os pesquisadores do Alcorão devem estar espiritualmente preparados para aceitar a realidade pura do alcorão, caso contrário, a pesquisa do Alcorão pode ser utilizada contra o próprio Alcorão.

O Líder Supremo da Revolução Islâmica, explicou ainda que, na ausência da purificação espiritual, o Alcorão pode ser utilizado como uma arma para lutar contra o Islã, a República Islâmica, e as virtudes promovidas pelo sistema islâmico. O Ayyatullah Khamenei referiu-se à familiaridade com o Alcorão, a língua árabe e os princípios da jurisprudência islâmica como outros pré-requisitos para o estudo do Alcorão, e reiterou: "O método acadêmico de usar o Alcorão em sua pesquisa é de suma importância. Nesse sentido, o método utilizado pelos sábios estudiosos da religião é totalmente testado e é verdadeira e cientificamente válido”.

Sua Eminência abordou a questão das ciências humanas nas universidades do Irã e expressou suas queixas a esse respeito: "As ciências ocidentais que são traduzidas e ensinadas nas nossas universidades são baseadas em uma visão do mundo materialista, que é incompatível com o Alcorão e os princípios religiosos. Os princípios das ciências humanas devem ser baseados no Alcorão”. O Líder Supremo da Revolução Islâmica disse que a extração dos princípios das ciências humanas é uma das questões mais importantes que devem ser abordadas na pesquisa do Alcorão. "Se conseguirmos alcançar o nosso objetivo, os pesquisadores podem construir bases sólidas para as ciências humanas utilizando como base os princípios do Alcorão e alguns progressos já alcançados nestas ciências".

Links Relacionados
Palavras Iluminadas

“É mais amado para Deus quando a pessoa está entre sua família do que quando está na mesquita em situação de devoção total”. Profeta Mohammad (S.A.A.S.)


ARBIB - Associação Religiosa Beneficente Islâmica do Brasil - Departamento de Comunicação
Todos os direitos reservados à ARBIB - A reprodução é permitida, desde que citada a fonte