Junho / 2019
DSTQQSS
01
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
30
Não foi encontrado nenhum registro para o mês de Junho
InformaçãoDiscursos e Palestras
Ayatullah Al-Odhma Assayed Ali Al-Khamanei.
Ayatullah Al-Odhma Assayed Ali Al-Khamanei.
Discursos e palestras de Sua Eminência Ayatullah Assayed Ali Al-Hussaini Al-Khamanei.

Como sinal de gratidão e reconhecimento por um mês de jejum, orações e súplicas, a fiel nação do Irã celebrou em todas partes do país a oração do Eid al-Fitr. Nesta imensa manifestação espiritual, os crentes residentes de Teerã se reuniram, domingo, na Universidade de Teerã e nas ruas vizinhas para celebrar a oração do Eid al-Fitr sob a liderança do Líder Supremo da Revolução Islâmica, o Ayatolá Sayyed Ali Khamenei.

O Líder Supremo da Revolução Islâmica em seu sermão felicitou a nação iraniana e a Umma islâmica pela chegada da bendita festa de Fitr. Declarou que o mês bendito de ramadã é uma ocasião propícia para por remédio às dores e curar as enfermidades que corroem o interior da alma humana, antes de recomendar a todos preservar os acervos preciosos do mês de ramadã, em particular a luminosa bagagem da virtude e da piedade. O Líder Supremo da Revolução Islâmica declarou que as noites de Qadr são uma nova etapa na vida do homem.

Sobre a presença de distintos segmentos da sociedade nas sessões de leitura do Alcorão e orações, o Ayatolá Khamenei afirmou: "Que o povo, especialmente os jovens, estejam agradecidos, pois seu coração foi inundado de luz e que o preservem no caminho reto, este ano, com maior freqüência nas mesquitas, leitura e familiarização com o Livro Santo".

Elogiou o povo por sua presença no dia de Jerusalém e apelidou-o de ‘dia da confrontação da verdade com a falsidade’.

‘Os inimigos desta nação fizeram grandes esforços para boicotar as cerimônias deste dia, porém nossa nação elegeu manter-se firme na resolução de não deixar-se influenciar e manipular seus pontos de vista’, disse Ayatollah Khamenei.

Ayatollah Khamenei disse que este dia manifesta a veracidade da nação e que pela designação da direção da revolução dada pelo povo provou-se ao mundo que os políticos ocidentais buscam afetar uma miragem.

‘O povo provou que as artimanhas do inimigo não funcionam com a nação iraniana.’, disse Ayatollah Khamenei.

Ayatollah Khamenei disse que o dia de Jerusalém foi o dia da convocação pela unidade islâmica contra o câncer sionista, acrescentando que as passeatas em várias partes mundo levavam a mensagem de que o Irã estendia sua opinião e que a Ummah não iria mais ser vítima de intimidação, mesmo que os intimidadores tenham o apoio dos mais poderosos governos do mundo.

Em outra parte de seu sermão, Ayatollah Khamenei, disse que a sociedade necessitava ser mais fraterna e condenou a mídia que cria um clima de desconfiança na sociedade.

O Líder da Revolução Islâmica referiu-se a preconceituosa abordagem da mídia estrangeira acerca dos assuntos iranianos e convocou a mídia doméstica para não retransmitir suas maliciosas matérias sob o pretexto de transparência.

‘A acusação de traição contra os outros (baseado nas afirmações da mídia estrangeira) não é transparência, mas sim seu inverso’ aconselhou Ayatollah Khamenei.

Ayatollah Khamenei disse que a transparência seria materializada uma vez que relevantes autoridades dessem um claro relato acerca de suas ações para o povo, acrescentando que ninguém está autorizado discutir acerca de temas improváveis ou difamar os outros.

Ayatollah Khamenei observou, também, que a difamação da ordem era mais fatal que difamação de um indivíduo.

Em outra parte de seu discurso, Ayatollah Khamenei, enfatizou a chegada da Semana da Defesa Sagrada e disse que os oito anos de defesa (1980-88) da ameaça do exército iraquiano deu abertura para o início da confiança nacional no Irã.

“A presença orgulhosa da nação em diferentes campos da ciência moderna e tecnologia está largamente inspirada por esses anos”, disse Ayatollah Khamenei.

Ayatollah Khamenei elogiou as Forças Armadas e disse que aqueles que intentaram conquistar Teerã estão marcados pela história enquanto que o Irã fortaleceu-se.

Ayatollah Khamenei convocou os Três Ramos do Governo a exercitarem a unanimidade nas suas relações, acrescentando que na quarta década da Revolução, que é designada como a década do progresso e justiça, necessitava de uma motivação.

Ayatollah Khamenei convocou as elites e os setores sociais privilegiados a manterem o ritmo do progresso científico do país.

Ayatollah Khamenei convocou, então, o povo e as autoridades a refletirem sobre o lema desse ano do Irã, principalmente revisando o padrão de desgaste, acrescentando que o objetivo levaria vários anos para ser alcançado, mas, entretanto continua sendo a prioridade.

Ele lamentou que o país perdeu parte de seu tempo na conquista de seus objetivos devido a entraves políticos da eleição presidencial.

Links Relacionados
Palavras Iluminadas

“O crente precisa da ajuda de Deus, o Altíssimo, de um admoestador para si mesmo,
e da aceitação de quem o aconselhou.”  Imam Mohammad al-Jawad (A.S.)


ARBIB - Associação Religiosa Beneficente Islâmica do Brasil - Departamento de Comunicação
Todos os direitos reservados à ARBIB - A reprodução é permitida, desde que citada a fonte